sábado, 1 de setembro de 2012

Culinária Coreana


Apesar de o “kimchi” estar presente em todas as refeições, a culinária coreana, obviamente, não se limita a ele. Numa refeição coreana estão presentes sabores doces, salgados, amargos e comidas quentes e frias. Sem esquecer a “goshu jan” (pimenta coreana), é claro.
cozinha coreana incorporou algumas características de seus vizinhos, mas tem a sua própria personalidade e usa menos óleo que a cozinha chinesa, embora não seja tão leve quanto a japonesa.
O prato indispensável
O “kimchi”é o prato mais famoso da Coréia. Na realidade, ele é um método de preparação que pode ser usado com legumes, folhas, peixes e frutas. Antigamente essa conserva era preparada no inverno, para ajudar as famílias a enfrentar o frio. Atualmente, o “kimchi”é imprescindível em qualquer refeição coreana, sendo consumido até no café da manhã.
Fonte: milpovos.prefeitura.sp.gov.br
Culinária Coreana
A gastronomia coreana e o churrasco bulgogi,o contrafilé temperado,variados tipos de saladas(nabo,acelga e vagem com pimenta,escarola,pepino),bolinhos, carnes,sopas,peixe cozido com cogumelo, kim-tchi, o enroladinho flamejantede acelga que é uma espécie de arroz com feijão deles.
A pimenta é o condimento principal dessa gastronomia, por isso a água é essencial nas refeições.
O bulgogi é famoso churrasco coreano. As diferenças com o brasileiro são muitas. Para começar, a carne, contrafilé, é assada na phan, uma chapa cônica de ferro que é colocada na própria mesa do freguês. O prato vem com 16 acompanhamentos, entre eles pepino, alface, escarola, arroz, nabo e o kim-tchi. Comer o gostoso bulgogi é um ritual. Todos se sentam em volta da mesa. A comidaé horizontalizada. Não tem entrada, prato principal e sobremesa. É tudo junto.
Kimchi
Vegetais fermentados preparado com acelga e rabanete. É o prato característico da Coréia.
Bibimbap
É a mistura de vários ingredientes ,como cenoura,broto de feijão,algas,pepino,ovo,carne moída,shitake e arroz.
Bibim nengmyon:É um macarrão com batata apimentada. Yangnyom garbi gui:costela bovina temperada. Algumas comidas são especificas para celebrações ou datas comemorativas.A sopa de algas no nascimento do filho,já que este prato é rico em proteínas e a sopa de massas no ano novo.
Fonte: www.freelancersbrasil.com

Culinária Coreana
Os pratos coreanos não são complicados de serem feitos. Comparando com a cozinha japonesa e a chinesa, nas Coréias não utilizam tanto óleo quanto os chineses, mas se cozinha os alimentos mais do que os japoneses.
culinária coreana é conhecida por ser muito apimentada e temperada. Os ingredientes mais utilizados são o alho, cebolinha verde, gengibre, molho de soja, molho de pimentão, óleo, pimenta vermelha, sementes de gergelim e o vinagre.
Panquecas, massas, frutos do mar, risotos, Pajeon (legumes e frutos do mar fritos), pratos com macarrão, Sundae (salsicha recheada com feijão e vegetais), Ramyeon (lámen - macarrão com ervas e legumes - com carne de porco ou peixe) e o Gimbap (uma espécie de sushi feito com arroz, alga, legumes e omelete) são pratos muitos apreciados entre os coreanos.
Porém, a base de qualquer refeição é composta por arroz, sopas e o tradicional prato Kimchee. Na mesa, além da trinca básica, existem os banchans, diversas tigelinhas com vegetais, temperos e pequenas frituras. Em restaurantes, os banchans geralmente são repostos gratuitamente.
As sopas são geralmente feitas com legumes e vegetais, carnes, peixes ou frutos do mar. Uma pasta de pimenta temperada e misturada com vinagre, açúcar, peixes e frutos do mar também é muito apreciada.
O prato mais conhecido na culinária coreana é o Kimchee, alimento que estimula o apetite e é rico em fibras e vitamina C. Feito com quase todos os vegetais, o Kimchee tem mais de 150 maneiras diferentes de ser preparado. O prato é uma conserva de vegetais, feito geralmente com acelgas. O Kimchee é um alimento muito apimentado, pois contém pimenta vermelha em pó ou em pasta.
culinária coreana consiste em uma dieta saudável, à base de nutrientes sem muita gordura. Para saciar a sede, os coreanos bebem chá, servido muito quente no inverno e muito gelado no verão.
Culinária Coreana
Etiqueta
Cada pessoa possui sua própria tigela de arroz e de sopa.
Na etiqueta coreana, não ergue a tigela ao comer, uma prática feita na culinária japonesa e chinesa.
Os coreanos utilizam tesouras em suas refeições. São utilizadas para cortar costelas, assados e grandes fios de macarrão.
Quando for degustar fatias grelhadas, segure a alface aberta, na mão esquerda.
Com o hashi, coloque o arroz, a carne e os temperos, como se estivesse montando um sanduíche. Enrole com as mãos e aí sim, coma.
Para os coreanos, muita conversa entre as refeições traz má sorte.
Na culinária coreana, o principal objetivo na refeição é matar a fome ao invés de saborear a comida.
A tradição coreana diz que não podem faltar três cores na mesa: o branco (o arroz), o vermelho (a pimenta) e o verde (as verduras).
Fonte: www.obaoba.com.br
Culinária Coreana
Culinária Coreana
Autêntica e rica, a culinária da Coréia soube preservar a sua identidade. Os invasores Japão e China não conseguiram mudar aculinária, pelo contrário. Os coreanos usaram a interferência para aperfeiçoar técnicas e inovar pratos. Em um primeiro olhar, ou prova de uma comida, se percebem algumas influências, mas as semelhanças cessam por aí.
Os sabores e as combinações se desenvolveram com personalidade própria, cultura e história.
O país do onipresente kimchi e da pimenta vermelha combinada com quase tudo tem muito mais peculiaridades gastronômicas para serem desvendadas. Segundo a tradição, em uma mesa coreana não podem faltar três cores: o branco, geralmente representado pelo arroz; o vermelho, que denuncia a pimenta; e o verde, sempre presente nas verduras. A ancestral receita do kimchi simboliza o gosto peculiar por alho – dizem que os coreanos até exalam alho --, e por pimenta vermelha.
O prato mais representativo da peculiar culinária coreana, o kimchi, é uma conserva supercondimentada de vegetais, um componente básico da dieta local. Ele surgiu para substituir os vegetais frescos durante o rigor do inverno. Cada região do país tem a sua receita de kimchi, e ao todo existem mais de 160 variações. A conserva feita com acelga é a mais conhecida e consumida. Não há pedaço de terra cultivável na Coréia que não tenha uma plantação de acelga ou de arroz, que também não falta nunca à mesa.
A pimenta vermelha em pó ou em pasta é a responsável pelo sabor apimentado do kimchi, e é utilizada com generosidade em inúmeras preparações. A intensidade da cor vermelha de um prato denuncia a quantidade de pimenta que contém: quanto mais vermelho, mais apimentado. Outros condimentos, também de bastante personalidade, como o molho de soja (ganjang), a pasta de soja (denjan) semelhante ao missô japonês, a cebolinha verde e o nira, o óleo e as sementes de gergelim, o alho em grande quantidade, o gengibre e o vinagre de arroz, valorizam muito o sabor da comida.
A Coréia é banhada por oceanos de todos os lados, por isso dispõe de uma grande variedade de peixes e de frutos do mar. Eles são usados em sopas, assados e caldeiradas ou são secados e salgados para emprego como matéria-prima na cozinha.
O frescor dos peixes também rende o hoe ou peixe cru fatiado, mas que leva no lugar do wasabi (raiz-forte) uma forte mistura de pasta de pimenta temperada com vinagre e açúcar.
Uma refeição coreana completa pode parecer um banquete. Além do prato principal, uma carne ou uma composição de carne com legumes e alguns acompanhamentos, a mesa é composta pelo namul, por tigelinhas de arroz cozido, pela sopa e pelo kimchi de acelga ou nabo, que são os tipos mais populares. Exceto pelo arroz, cozido apenas em água, a pimenta vermelha condimenta quase tudo. O único talher usado para pegar e comer os alimentos nas tigelinhas coletivas é o hashi. Somente o arroz e a sopa vêm em vasilhas individuais e geralmente são degustados com uma colher.
Os coreanos têm o hábito de preparar churrasco de carne de cachorro. Um dos modos de saborear os populares churrascos, ou qualquer tipo de proteína animal grelhada ou cozida, é fazendo trouxinhas (sam tchu sam) nas quais pedaços de carne, pasta de soja (denjan) temperada e pedaços de conserva são colocadas com o hashi sobre uma folha de alface ou gergelim, e logo em seguida enroladas com as mãos e degustadas aos bocados.
Nos cardápio dos restaurantes encontram-se vários tipos de churrasco e os supermercados vendem diversas qualidades de carnes congeladas já fatiadas, prontas para grelhar. O bulgogui, que é feito de tiras finas de contrafilé bovino, é um dos mais famosos. Este é um prato encontrado com variações de uma casa para outra, pois cada cozinheiro se orgulha do "segredo" do seu tempero.
Os churrascos ou qualquer outro prato vêm sempre acompanhados do namul, um conjunto de tigelinhas contendo diferente tipos de legumes, verduras ou cereais da época refogados em óleo de gergelim e temperados com sal, molho de soja, alho, sementes de gergelim, cebolinha verde e pimenta. Também é comum a sopa, que pode ser de vegetais, carne, peixe ou frutos do mar, ou até mesmo de mocotó, que é particularmente apreciado.
Outros pratos populares são as caldeiradas de frutos do mar, os risotos (bibimbap, que são opções desprovidas de pimenta), as fritadas de legumes e frutos do mar (pajeon), os pratos com lámem ou macarrão, entre muitos outros. As barracas de comidaespalhadas pelas ruas mais movimentadas das cidades oferecem comidas apetitosas e revelam o gosto do povo pelos petiscos. Os mais populares são: sundae, uma salsicha recheada com feijão e vegetais; o ramyeon, o tradicional lámen coreano; o twigim, uma espécie de tempurá de legumes que é muito popular; e, finalmente, o gimbap que é o favorito do público, elaborado com arroz envolto em alga e recheado com legumes e omelete, semelhante a um sushi.
Arroz, sopa com caldo bem clarinho ou clarificado e o ardido kimchi são o tripé de qualquer refeição do dia e são a base de uma dieta saudável, rica em nutrientes, que emprega pouca gordura e açúcares. Os coreanos fazem questão das suas três equilibradas refeições por dia e também não abrem mão do seu chá, que é servido muito quente no inverno ou bem gelado no verão. Eles o bebem como água.
Os doces compõem um capítulo muito pequeno na saudável e pouco calórica dieta coreana. Geralmente, eles são reservados para ocasiões festivas. A tradição oriental do chá também é preservada na Coréia. Os tipos preferidos no dia-a-dia são os de cevada ou desse cereal combinado meio a meio com milho seco.
Fonte: www.rgnutri.com.br

Culinária Coreana
Arroz
Arroz está sempre presente na comida coreana.
Os agricultores trabalham muito para cultivar o arroz no Verão e para fazer a sua colheita no Outono. A Coréia cultiva o arroz há 3500 anos. No princípio, o arroz era posto num forno e cozido como os bolos de arroz. Mais tarde fizeram-se taças de barro e foram usadas para pôr arroz e água juntos.
Kimchi
Kimchi
Variedade do Kimchi
Os coreanos dizem que sem Kimchi não são capazes de viver. Este prato é feito de couves e de outros ingredientes como pepinos, rabanetes, alho-francês, etc. De uma maneira geral, quase todos os vegetais podem ser usados para fazer Kimchi. Quando Kimchi está maduro, é picante chegando a picar a língua, devido ao processo de fermentação. Durante o mês de Novembro as mulheres coreanas preparam Kimchi para comer durante o Inverno. A sopa e o guisado ambém são essencias na mesa coreana.
Os coreanos são loucos pela comida picante.
O Kimchi é uma das comidas mais picantes da Coréia. Na verdade, Kimchi não era nada de picante antigamente. O ingrediente mais importante no prato de Kimchi é pimenta, mas antigamente não utilizavam-a, pois a pimenta ainda não existia na Coréia. A pimenta foi introduzida no país só depois do século 16, isto é a época em que os portugueses chagaram ao Japão e à península coreana!
Banchan
O melhor na comida coreana são os pratinhos que são servidos com os pratos principais. Chama-se Banchan. Em restaurante coreanos os pratinhos de Banchan são repostos sem serem cobrados.
Cada pessoa possui sua própria tigela de arroz e de sopa. E vários pratos (isto é Banchan) são colocados no centro da mesa para que seja servidos para todos.
Fonte: www.ceap.g12.br
Culinária Coreana
Conhecida por ser temperada e apimentada, a especialidade é Beef Bugolgui feito com carne bovina, salsão, cebola, cebolinha, tomate cereja, acelga, repolho, gergelim torrado e molho picante à base de shoyu.
Na culinária coreana, o prato principal é conhecido como ‘banchan’ e os coreanos valorizam as combinações de sabores sem utilizar muito óleo no preparo. De acordo com as tradições, na mesa coreana não pode faltar três cores: o vermelho (pimenta), o verde (verduras) e o branco (arroz).
Fonte: www.terracoshopping.com.br

Cozinha Coreana

KIMCHI ( Acelga em conserva )

Ingredientes
03 xícaras de cenoura ralada
02 xícaras de água
¼ de xícara de açúcar
¼ de xícara de gengibre ralado
¼ de xícara de goshu jan em pó (pimenta coreana que pode ser substituída por molho de pimenta vermelha)
01 colher (sopa) de sal
06 dentes de alho amassados
01 maço pequeno de acelga
Ingredientes para a salmoura
½ xícara de sal
04 litros de água quente
Modo de Preparar
Numa tigela grande misture a água e o sal para a salmoura. Lave as folhas de acelga e coloque-as na tigela. Deixe descansar por 1 hora em temperatura ambiente. Numa tigela média, misture os demais ingredientes e reserve. Escorra as folhas de acelga e lave-as para retirar o excesso de sal. Numa tigela grande intercale camadas de acelga com o molho reservado até o término dos ingredientes. Cubra com filme plástico e deixe descansar em temperatura ambiente por oito horas. Depois disso o kimchi estará pronto para ser saboreado. Pode ser conservado em geladeira por alguns dias.
O ingrediente que está em todas
O arroz está presente em toda a culinária asiática como um ingrediente de grande importância. Ele é utilizado para amenizar e equilibrar os sabores mais temperados de muitos pratos. Em coreano, bibim quer dizer misturar e bap significa arroz. O bibimbap é muito popular na Coréia.

BIBIMBAP (Arroz misturado)

Ingredientes
1 ½ xícara de água
¾ xícara de arroz cateto
02 colheres (sopa) de óleo de gergelim
01 colher (chá) de goshu jan (pimenta coreana que pode ser substituída por molho de pimenta vermelha)
01 colher (chá) de semente de gergelim torrada
01 ovo frito com a gema firme
01 ramo de cebolinha verde picada
Acompanhamentos
02 xícaras de folhas de espinafre picadas, fervidas e escorridas
01 xícara de nabo ligeiramente cozido em tirinhas
½ xícara de broto de feijão fervido e escorrido
01 colher de chá de óleo
100 g de contrafilé em tiras finas e frito
04 folhas de alface lisa cortada em tiras
01 abobrinha cozida e cortada em rodelas
01 cebola média cortada em rodelas
01 cenoura ralada
01 pepino japonês cortado em pedaços
01 pimenta verde sem sementes cortada em fatias finas
01 dente de alho picado
Modo de Preparar
Coloque o arroz e a água em uma panela média. Cozinhe com a panela destampada por 25 minutos. Quando quase toda a água evaporar, abaixe o fogo e tampe a panela para finalizar o cozimento até o arroz ficar macio. Retire do fogo e deixe descansar por cinco minutos. Coloque o arroz numa travessa funda e larga. Escolha pelo menos quatro dos acompanhamentos e misture-os ao arroz. Coloque a pasta de pimenta e misture bem. Regue com o óleo de gergelim, polvilhe as sementes, mexa bem e ponha o ovo frito por cima de tudo. Sirva os demais acompanhamentos em tigelinhas para que cada pessoa escolha o que quiser para colocar no seu arroz. Enfeite com a cebolinha verde.
O churrasco dos ricos
“Bul”quer dizer fogo e “gogi” significa carne. A combinação dos dois resulta no bulgoggi, um dos pratos mais tradicionais da culinária coreana. No passado longínquo esse prato era servido nas festas e restrito àqueles que podiam pagar o alto preço que era cobrado pela carne bovina.

BULGOGGI (Churrasco coreano)

Ingredientes
½ xícara de shoyu (molho de soja)
01 colher (sopa) de óleo de gergelim
04 colheres (chá) de açúcar
02 colheres (chá) de sementes de gergelim torradas
½ colher (chá) de goshu em pó (pimenta coreana)
750 g de contrafilé (ou coxão mole) cortado em bifes finos e depois em tiras de 2 cm de largura
03 dentes de alho picados
02 ramos de cebolinha cortados em pedaços grandes
Modo de Preparar
Misture todos os ingredientes – exceto o açúcar e a carne – numa tigela e reserve. Coloque a carne numa vasilha larga e rasa, polvilhe o açúcar e depois cubra com o molho reservado. Deixe descansar por 1 hora ou prepare na véspera e guarde na geladeira. Aqueça uma grelha ou uma frigideira larga sobre fogo alto. Frite os pedaços de carne aos poucos durante três minutos ou até que fiquem dourados por fora e úmidos por dentro. Sirva com arroz branco.
A grelha sobre carvão é uma boa opção para se fazer o “bulgoggi” pois o carvão deixa um sabor levemente defumado na carne. Os coreanos usam uma grelha em forma de cúpula para fazer este prato assim o caldo cai dos lados e é usado para temperar o arroz.

KimChi

Ingredientes
1/2 repolho chinês
1/3 de xícara (chá) de sal
10 colheres (sopa) de sal
4 pimentas coreanas ou 2 jalapenos sem sementes
1/2 xícara (chá) de pimenta em pó coreano
2 colheres (sopa) de alho esmagado
1 colher (chá) de gengibre esmagado
4 colheres (sopa) de açúcar
1 maço de cebolinha picadinha
Modo de Preparar
Lave o repolho. Em uma tigela, dissolva o 1/3 de xícara de sal em bastante água até cobrir o repolho. Ponha o repolho na água salgada e deixe durante a noite. No dia seguinte, aperte o repolho com suavidade para remover a maioria da água. Fatie o repolho pedaços pequenos. Coloque-o numa tigela grande, adicione as 10 colheres de sopa de sal, as pimentas, o alho, o gengibre e o açúcar. Misture. Coloque a cebolinha e misture bem com as mãos.
Ponha o kimchi em um vidro grande, cobra e deixe a temperatura ambiente durante 1 dia, então refrigere.

Kimchi (Couve chinesa fermentada)

Ingredientes
1 couve lombarda ou couve chinesa
1 rábano comprido
q.b. de sal
1/2 chavena (ch.) de açúcar
1/4 ch. de gengibre ralado
1 ch. de alho
3 ch. de água
1/2 ch. de farinha de arroz (ou 1/4 maizena + 1/4 de trigo)
1 ch. caldo forte de peixe
1 ch. de piripiri em pó
1/2 alho francês
1 cebola
Modo de Preparar
Preparação da couve
Cortar ao meio na vertical para manter as folhas juntas no talo e lavar bem
(ou migar como para caldo verde em tiras finas)
Colocar boas quantidades de sal entre as folhas (ou sobre as tiras) e salgar por 2 horas. Depois das 2 horas lavar bem do sal e escorrer mais duas horas.
Preparação do Molho
Juntar a farinha à água e levar ao lume até dissolver, juntar o açúcar, ferver um pouco; já fora do lume juntar o caldo de peixe e o piripiri.
Moer no processador até formar pasta o alho, o gengibre e a cebola.
Juntar esta pasta ao molho de farinha e mexer bem.
Cortar o alho francês em rodelas finas bem como o rábano (em rodelas muito finas ou em juliana).
Mexer bem a pasta obtida com o alho f. e o rábano e rechear as folhas de couve, uma a uma (ou envolver bem a couve migada).
Colocar toda a mistura em caixa(s) - que podem ser de plástico ou vidro mas nunca em metal - e deixar à temperatura ambiente durante dois a oito dias conforme a temperatura ambiente for mais quente ou mais fria.
Após a fermentação guardar no frigorífico.
A receita original acrescenta ao molho ostras cruas e cebolinho mas será facultativo.
A couve irá fermentar dando origem a um género de pickles bastante picantes que podem servir de acompanhamento só por si (para quem gosta de picante) ou como tempero adicional de saladas.
É um condimento, salada, tempero ou até prato principal consumido na Coreia.
Tem cheiro ativo, sabor acre e picante formando ácido láctico que ajuda à absorção.

Kimchi

Ingredientes
1/2 repolho chinês
1/3 de xícara (chá) de sal
10 colheres (sopa) de sal
4 pimentas coreanas ou 2 jalapenos sem sementes
1/2 xícara (chá) de pimenta em pó coreano
2 colheres (sopa) de alho esmagado
1 colher (chá) de gengibre esmagado
4 colheres (sopa) de açúcar
1 maço de cebolinha picadinha
Modo de Preparar
Lave o repolho.
Em uma tigela, dissolva o 1/3 de xícara de sal em bastante água até cobrir o repolho, ponha o repolho na água salgada e deixe durante a noite.
No dia seguinte, aperte o repolho com suavidade para remover a maioria da água.
Fatie o repolho em pedaços pequenos, coloque-o numa tigela grande, adicione as 10 colheres de sopa de sal, as pimentas, o alho, o gengibre, o açúcar e misture.
Coloque a cebolinha e misture bem com as mãos.
Ponha o kimchi em um vidro grande, cubra e deixe a temperatura ambiente durante 1 dia, então refrigere.

Beoseot Jeongol - Caçarola de Cogumelos

Ingredientes
10 cebolinhas verdes pequenas
230 gramas de carne de boi
6 champignons frescos
1 folha de salsão
1 cebola média
6 shiitakes
6 shimejis
Temperar a Carne
1 colher (sopa) de sementes de gergelim
1 colher (sopa) de óleo de gergelim
2 colheres (sopa) de molho de soja
3 colheres (sopa) de cebola picada
2 colheres (chá) de alho picado
pimenta-do-reino a gosto
Modo de Preparar
Lavar e limpar bem os champignons. Cortar em fatias de 2 mm de espessura. Deixar os cogumelos secos de molho em água morna até que fiquem macios. Escorrer e cortar em fatias finas. Cortar a carne e as cebolinhas em pedaços de uns 7 cm de comprimento. Temperar a carne. Cobrir o fundo de uma caçarola rasa, de fundo grosso, com uma camada de carne temperada e fatias de cebola. Arrumar a cebolinha verde e os cogumelos em volta da caçarola. Colocar o shiitake e a folha de salsão no centro. Adicionar 2 xícaras de caldo de carne ou água. Salpicar sal ou molho de soja e levar para cozinhar só até que ferva. Servir a seguir.

Betchu Kimchi - Acelga em Conserva

Ingredientes
1 colher (chá) de glutamato monossódico
4 colheres (sopa) de açúcar
4 colheres (sopa) de sal
2 xícaras de pimenta vermelha em pó
2 nabos cortados em tiras no sentido diagonal
1 maço de cebolinha verde picada
5 dentes de alho esmagados
3 acelgas
Modo de Preparar
Cortar cuidadosamente cada acelga ao meio. Desidratar, salpicando com o sal e deixando descansar por 4 horas. Adicionar à pimenta os demais ingredientes, menos a acelga, e mexer bem com as mãos. Se quiser amenizar o sabor da pimenta, diminuir a quantidade dela na mistura a seu gosto. Enxagüar as acelgas salgadas em bastante água fresca, escorrer bem e espremer para extrair o máximo de água possível. Colocar com as mãos pequenas quantidades da mistura de pimenta entre as folhas de acelga. Fechar bem cada folha depois da adição dos temperos, formando um “pacote”. Acondicionar os “pacotes” em vasilhas bem fechadas. Deixar fermentar por um dia ou dois em temperatura ambiente. Cortar em pedaços antes de servir. O kimchi deve ser guardado na geladeira depois de pronto e dura bastante tempo. Quando começa a azedar, os coreanos ainda o aproveitam para fazer sopa.

Bibimbap - Risoto Coreano

Ingredientes
3 xícaras de arroz oriental
3 e ½ xícaras de água
½ cenoura, fatiada do tamanho de palitos de fósforo
110 gramas de carne de boi moída ou bem picada
1 pepino, cortado em rodelas de 2,5 mm
1 folha de muk (geléia vegetal) fatiado
pasta de pimenta vermelha temperada
100 gramas de espinafre
50 gramas de brotos de feijão
1 folha de alface crespa
3 cogumelos shitake fatiados
4 ovos
Pasta de Pimenta Vermelha Temperada
4 colheres (sopa) de pimenta vermelha sem pele e sem sementes picada, passada pelo liquidificador
1 colher (sopa) de sementes de gergelim
1 colher (chá) de óleo de gergelim
1 colher (sopa) de açúcar
Para Temperar a Carne
cebolinha verde picada
pimenta-do-reino
óleo de gergelim
molho de soja
alho picado
Para Temperar o Espinafre
sementes de gergelim
óleo de gergelim
sal
Para Temperar o Broto de Feijão
cebolinha verde picada
sementes de gergelim
óleo de gergelim
alho picado
sal
Para Temperar os Cogumelos
óleo de gergelim
sal
Modo de Preparar
Lavar o arroz. Deixar de molho por 30 minutos e escorrer. Colocar em uma panela, adicionar 3 e ½ xícaras de água e levar ao fogo, sem tampar. Cerca de 10 a 15 minutos depois que ferver, reduzir a chama e cozinhar com a panela tampada por mais 5 minutos. Não destampar a panela durante o cozimento, pois fará o arroz desandar. Temperar a carne. Colocar um pouco de óleo em uma frigideira grande e fritar, mexendo sempre até cozinhar. Reservar. Salpicar o pepino, a cenoura e os cogumelos com sal. Deixar descansar por 5 minutos. Passado este tempo, escorrer a água que se formar. Temperar cada vegetal separadamente. Reservar. Levar ao fogo uma frigideira para esquentar, adicionar um pouco de óleo de gergelim e fritar rapidamente, mexendo bem, as rodelas de pepino até que sua cor fique bem viva. Retirar e colocar em um prato para que esfrie. Na mesma frigideira, refogar separadamente e da mesma forma o espinafre, a cenoura e os cogumelos consecutivamente. Em uma outra frigideira fritar os ovos em óleo não muito quente, sem virá-los, para que não se quebrem ou cozinhar demais as gemas. Reservar. Preparar a pasta de pimenta vermelha, misturando bem todos os ingredientes.
Montagem Final
Colocar o arroz em uma tigela de servir. Arrumar por cima os vegetais já preparados e as tiras de geléia. Enfeite com a alface. Finalizar colocando os ovos sobre o prato. Servir guarnecido com a pasta de pimenta.

Biscoitos fritos - Kang-jung

Ingredientes
1 xícara (café) de sementes de gergelim torradas
2 xícaras (chá) de melado, karo ou mel
3 xícaras (chá) de óleo para fritura
2/3 xícaras (chá) de vinho branco
6 xícaras (chá) de arroz
4 e ½ colheres (sopa) de açúcar
Farinha de trigo
1 pitada de sal
avelãs
Modo de Preparar
Colocar o arroz de molho em água por 3 a 4 dias. Escorrer bem deixar secar totalmente e triturar em pó. Misturar este pó com o vinho o açúcar e o sal, amassando bem. Cozinhar a massa obtida em vapor, até inchar. Amassar novamente. Polvilhar uma superfície lisa com farinha e estenda a massa cortar em círculos ou triângulos. Secar ao sol, até ficarem quebradiços. Mergulhar os biscoitos, um a um, no melado e salpicar com as sementes de gergelim. Decorar com uma avelã. As sementes de gergelim podem ser substituídas por canela ou farinha de soja. É importante mergulhar os biscoitos no óleo, antes de fritar par evitar que cresçam.

Bulgogui - Churrasco Coreano

Ingredientes
700 gramas de filé mignon ou contrafilé
folhas de alface e de gergelim frescas
pasta de soja (missô) temperada
arroz oriental cozido a gosto
kimchi a gosto
Para a Marinada
5 colheres (sopa) de cebolinha verde bem picada, em diagonal
1 colher (chá) de sementes de gergelim torradas
1 colher (chá) de glutamato monossódico
¼ colher (chá) de pimenta-do-reino
1 colher (sopa) de óleo de gergelim
1 colher (sopa) de molho de soja
1 colher (chá) de alho moído
1 colher (sopa) de açúcar
Para a Pasta de Soja (Missô) Temperada
1 colher (sopa) de cebolinha verde bem picada
1 colher (sopa) de pimentão verde bem picado
1 colher (sopa) de sementes de gergelim
1 colher (sopa) de molho de pimenta
½ colher (chá) de óleo de gergelim
2 colheres (sopa) de cebola picada
½ colher (chá) de alho picado
½ colher (sopa) de açúcar
½ xícara de água
100 gramas de pasta de soja (missô)
60 gramas de carne de boi moída
Modo de Preparar
Cortar a carne em fatias bem finas. Misturar todos os ingredientes da marinada, colocar as fatias de carne e deixar tomar gosto por 1 hora. Lavar as folhas de alface e de gergelim. Escorrer e deixar secar bem. Misturar todos os ingredientes da pasta de soja. Levar ao fogo rapidamente e deixar até ferver; desligar e esperar esfriar. Fritar rapidamente as fatias de carne em um pouco de óleo em uma frigideira. Levar a carne, junto com todos os outros ingredientes à mesa. Cada convidado coloca, em folhas de alface ou gergelim, um pouco da carne, a pasta de soja, arroz cozido e um pouco de kimchi. Formam-se trouxinhas que vão sendo degustadas aos bocados. O bulgogui pode ser acompanhado por vários tipos de legumes salteados ou outras conservas, além do kimchi. A carne, o arroz e o kimtchi não precisam ser necessariamente degustados com a alface, podem ser comidos diretamente com o hashi. Os coreanos gostam de colocar pequenas porções da carne e dos acompanhamentos sobre o arroz e comer tudo com uma colher. Para quem não achar necessário temperar a pasta de soja, basta misturá-la apenas a um pouco de açúcar e água antes de servir.

Carne ao Molho de Ostras

Ingredientes
2 colheres (sopa) de caldo de carne
3 colheres (sopa) de farinha de milho
2 colheres (sopa) de molho de ostras
1 colher (sopa) de vinho de arroz
2 colheres (sopa) de molho de soja
1 colher (sobremesa) de banha
3 colheres (sopa) de óleo
1 colher (chá) de sal
800 gramas de carne de vaca
125 gramas de ervilhas
3 rodelas de gengibre
pimenta
1 clara
Modo de Preparar
Cortar a carne em tiras finas e temperar com sal e pimenta, polvilhando com a farinha de milho. Colocar por cima da carne a clara. Cortar o gengibre e as ervilhas em pedaços. Aquecer o óleo numa frigideira. Quando estiver bem quente, adicionar o gengibre, mexendo sempre. Juntar também a carne, deixando-a fritar por 1 minuto. Retirar a carne. Colocar a banha na frigideira. Quando esta derreter, adicionar as ervilhas, o caldo de carne e o molho de soja, mexendo durante 1-2 minutos. Juntar novamente a carne, o molho de ostras e/ou o vinho, deixando a cozinhar em fogo forte durante ½ minuto.

Carne crua

Ingredientes
2 colheres (sopa) de sementes de gergelim torradas e moídas
1 colher (sopa) de cebolinha verde picada
1 colher (sopa) de óleo de gergelim
2 colheres (sopa) de molho de soja
1 colher (chá) rasa de gengibre
1 colher (sopa) de açúcar
200 gramas de filé mignon
1 dente de alho picadinho
1 pitada de sal
1 pêra
Modo de Preparar
Cortar a carne em tirinhas finas e misturar bem com o açúcar. Acrescentar os demais ingredientes (exceto a pêra), deixando o óleo de gergelim por último. Cortar a pêra em fatias bem finas e espalhe decorativamente num prato. Colocar a carne em cima. Querendo salpicar com pinhões picadinhos, a gosto.

Cozido de moluscos e peixe branco

Ingredientes
1 e ½ colher (chá) de sementes de gergelim moídas
1 e ½ colher (chá) de pasta de feijão, com sal
1 colher (chá) de pimenta vermelha em pasta
1 a 2 colheres (sopa) de molho de soja
1 colher (sopa) de óleo de gergelim
1 colher (chá) de alho picado
150 gramas de carne de boi
Pimenta-do-reino a gosto
2 peixes pequenos
4 a 5 cogumelos
1 cebola verde
10 mariscos
Modo de Preparar
Colocar os mariscos de molho em água ligeiramente salgada, de véspera para retirar a areia. Colocar os peixes em pedaços de tamanho médio. Cortar os cogumelos e cebolas em fatias. Reservar tudo. Cortar a carne em fatias finas, e misturar com o alho, as sementes de gergelim e a pimenta. Aquecer o óleo de gergelim e juntar a carne, com os temperos. Juntar 3 xícaras de água fervente e cozinhe, em fogo brando por 25 a 30 minutos. Tirar do fogo e acrescentar as pastas de pimenta e molho de feijão, assim como o molho de soja. Juntar os cogumelos a cebola, os peixes e os mariscos, na ordem mencionada. Deixar cozinhar até as conchas abrirem.

Espetadas Agridoces

Ingredientes
4 colheres (sopa) de polpa de tomate
1 colher (sopa) de amido de milho
½ colher (café) de pimenta preta
2 colheres (sopa) de molho inglês
3 colheres (sopa) de conhaque
6 colheres (sopa) de açúcar
5 colheres (sopa) de água
3 colheres (chá) de sal
2 xícara de vinagre de vinho branco
1 quilo de carne de porco
10 rodelas de ananás
1 pimento encarnado
1 pimento verde
Modo de Preparar
Cortar a carne de porco em cubos. Temperar com sal, pimenta e juntar o conhaque. Deixar descansar durante 45 minutos. Cortar as fatias de ananás em quadrados. Cortar os pimentos em metades, no sentido longitudinal, limpando as sementes. Depois, cortar cada metade em fatias de 3 cm. Reservar. Preparar o molho agridoce. Colocar numa panela o vinagre, o tomate o molho inglês, 2 das colheres (sopa) de água, o açúcar e o sal. Levar ao fogo. Dissolver o amido de milho em 3 colheres (sopa) de água e juntar aos poucos ao molho. Quando o molho levantar fervura, é sinal que está pronto. Cozinhar apenas por mais um minuto ou dois para engrossar. Preparar as espetadas. Colocar no espeto os ingredientes: 1 pedaço de carne, 1 de ananás e 1 de pimento vermelho. Depois, repetir a ordem, trocando o pimento vermelho pelo verde. Fazer as espetadas nesta ordem. Levar à grelha e assar durante 15 minutos, pincelando sempre com o molho. Se sobrar um pouco de molho agridoce, sirva-o ao lado das espetadas.

Filetes Estaladiços com Molho Oriental

Ingredientes
2 colheres (sopa) de óleo de amendoim
2 colheres (chá) de vinagre de arroz
1 colher (sopa) de vinho de arroz
1 colher (chá) de óleo de sésamo
3 colheres (sopa) de amido de milho
1 colher (sopa) de gengibre
1 colher (chá) de açúcar
3 colheres (sopa) de água
2 colheres (sopa) de alho
½ colher (chá) de sal
1/3 xícara de rebentos de bambú
1/3 xícara de molho de ostras
1/3 xícara de molho de soja
3 xícaras de caldo de galinha
1/3 xícara de cenoura
4 cogumelos chineses pretos secos
1 pitada de pimenta branca
8 filetes de peixe
sal grosso
1 ovo
óleo
Modo de Preparar
Preparar o peixe: Cortar os filetes (sem peles e sem espinhas) em metades ou em terços. Mergulhar em água com sal durante 30 minutos. Mergulhar cada pedaço em ovo batido e passar seguidamente pela farinha de milho. Fritar pequenas quantidades de filetes de cada vez em óleo abundante, até ficarem castanho-dourados. Retirar cuidadosamente com o auxílio de uma escumadeira e deixar escorrer o excesso de óleo em papel absorvente. Preparar o molho: Mergulhar os cogumelos (que devem ser bastante grandes) em água, para re-hidratar, e reservar. Picar o gengibre, o alho e colocar num prato pequeno. Cortar as cenouras e os rebentos de bambu, e juntar numa tigela. Noutro recipiente, juntar o vinho de arroz, o caldo de galinha, o molho de ostras, o sal, o molho de soja e o vinagre. Num prato pequeno misturar o amido de milho com a água, misturando muito bem. Retirar os cogumelos da água e escorrer bem, espremendo-os até que saia o líquido em excesso. Cortar e eliminar os caules, e cortar em metades e juntar ao prato de cenouras. Aquecer a frigideira durante 2 minutos e juntar o óleo, espalhando-o nas bordas. Juntar a mistura de gengibre e mexer durante 15 segundos. Juntar os restantes legumes e mexer rapidamente. Juntar logo a mistura de caldo de galinha e deixar ferver ligeiramente, juntando o amido de milho em seguida. Deixar ferver e reservar. Juntar o óleo de sésamo, um pouco de pimenta branca e colocar sobre o peixe frito quente.

Grelhado de costela - Kalbi-kui

Ingredientes
2 e ½ colheres (sopa) de sementes de gergelim moídas
8 colheres (sopa) de cebolinha verde picada
1 colher (sopa) rasa de gengibre picado
2 e ½ colheres (sopa) de óleo de gergelim
8 colheres (sopa) de molho de soja
4 a 5 colheres (sopa) de açúcar
4 colheres (chá) de alho em pó
2 quilos de costela de boi com osso
1 pitada de pimenta-do-reino
Modo de Preparar
Eliminar o excesso de gordura da carne e fazer cortes profundos nela. Esfregar bem com o açúcar e depois com os demais ingredientes, deixando o óleo de gergelim por último. Grelhar na churrasqueira de carvão ou no forno, em cima de uma grelha.

Jab-Chi - Salada de Frango e vegetais

Ingredientes
1 e ½ colher (sopa) de sementes de gergelim torradas
1 colher (sopa) de cebolinha verde bem picada
1 e ½ colher (chá) de óleo de gergelim
2 colheres (sopa) de vinho branco
1 colher (sopa) de óleo de soja
230 gramas de carne de frango sem pele e ossos
50 gramas de cenoura cortada em tiras
110 gramas de repolho branco fatiado
225 gramas de brotos de bambu picados
½ pimenta vermelha bem picada
2 pepinos cortados em tiras
1 dente de alho picado
sal a gosto
Modo de Preparar
Salpicar a carne do frango com sal e deixar descansar por 20 minutos. Derramar o vinho sobre ela e levar ao forno para assar. Quando estiver fria, desfiar a carne com as mãos. Salpicar sal a gosto sobre os pepinos, as cenouras, o repolho e os brotos de bambu, mexer bem e escorrer a água que se formar. Misturar o alho picado, a cebolinha verde e o molho de soja em uma tigela, adicionar o frango e os vegetais. Mexer bem. Por fim, colocar o óleo e as sementes de gergelim e a pimenta picada. Mexer mais uma vez e servir.

Kalbi-Kui - Churrasco de Costela

Ingredientes
900 gramas de costela de boi cortada em pedaços de 8 cm, mais ou menos
Para a Marinada
5 colheres (sopa) de cebolinha verde picada
1 e ½ (sopa) colher de óleo de gergelim
1 colher (chá) de gengibre bem picado
5 colheres (sopa) de molho de soja
2 colheres (chá) de alho picado
2 colheres (sopa) de açúcar
Modo de Preparar
Misturar todos os ingredientes da marinada, menos o óleo de gergelim. Fazer pequenos furos na costela e colocar a marinada, mexendo bem. Deixar tomar gosto por 1 hora. Colocar a carne em uma assadeira e despejar por cima o óleo de gergelim. Assar a costela no forno até que esteja macia. Sirva.

Marinada Asiática

Ingredientes
2 colheres (sopa) de vinagre de arroz
2 colheres (sopa) de óleo de sésamo
1 colher (sopa) de gengibre
1 colher (sopa) de alho
¼ xícara de molho de soja
pimenta preta
1 echalota
Modo de Preparar
Picar a echalota, o alho e ralar o gengibre. Misturar todos os ingredientes numa tigela e juntar a peça a marinar. Cobrir totalmente a tigela e levar ao frigorífico durante, pelo menos, 6 horas. Mexer ocasionalmente (indicado para carnes vermelhas, brancas, peixe e vegetais).

Peixe cozido

Ingredientes
5 filés de peixe branco
Tempero
1 colher (chá) de raiz de gengibre picada
1 colher (chá) de pasta de feijão
1 colher (chá) de alho moído
1/3 xícara de molho de soja
½ cebola verde cortada em fatias muito finas
pimenta vermelha fresca
Modo de Preparar
Ferver os ingredientes do tempero, exceto a cebola verde e a pimenta vermelha, em ½ xícaras de água. Quando começar a ferver, acrescentar o peixe, e em cima dele espalhar a cebola verde e a pimenta vermelha. Cobrir parcialmente e cozinhar em fogo brando até o tempero ser totalmente absorvido pela carne de peixe. O peixe é cutlass, um peixe comprido, prateado, abundante na Coréia e muito usado na alimentação diária. Come-se com arroz ou alface.

Samgyetang - Canja Coreana

Ingredientes
2 xícaras de arroz oriental
15 xícaras de água
8 detchu (espécie de ameixa seca)
4 castanhas-do-pará ou de caju
sal e pimenta-do-reino a gosto
4 raízes de ginseng
8 dentes de alho
4 galetos
Modo de Preparar
Lavar, secar os galetos e temperar com sal a gosto. Descascar os alhos e as castanhas. Reservar. Lavar o arroz, as raízes de ginseng e os detchu. Cortar o ginseng em fatias. Enxagüar os galetos e rechear cada um com alho, arroz e ginseng. Costurar as cavidades com agulha e linha apropriadas. Colocar os galetos em uma caçarola grande e cobrir com 15 xícaras de água. Levar ao fogo. Quando ferver, adicionar os detchu e as castanhas. Abaixar o fogo e cozinhar até que a carne esteja macia. Servir um galeto para cada pessoa, juntamente com o caldo do cozimento e os acompanhamentos. Normalmente, este prato é servido quase sem temperos. Mas, se quiser, adicionar sal um pouco antes de servir ou deixar que cada convidado se servir de sal e pimenta-do-reino na mesa, temperando seu próprio prato a gosto.

Yuza-Cha - Chá de Limão e Gengibre

Ingredientes
6 xícaras de água
1 gengibre
2 limões
açúcar
Modo de Preparar
Cortar os limões na vertical em fatias de 0,5 cm. Colocar em uma vasilha e salpicar o açúcar por cima. Tampar e deixar descansar por uma semana. Cortar o gengibre em fatias bem finas, colocar em uma panela, juntar 6 xícaras de água e levar para ferver. Na hora de servir, colocar em cada xícara uma fatia de limão, um pouco do suco do limão e cobrir com a água de gengibre. Servir bem quente.




Nenhum comentário:

Postar um comentário